Cinema de Arte recebe ‘7 Minutos Depois da Meia-Noite’, no Cinépolis do Shopping Ponta Negra

O filme ‘7 Minutos Depois da Meia-Noite’ é a estreia desta quinta-feira (19) do Cinema de Arte, nas salas de cinema do Shopping Ponta Negra. O filme promete emocionar o público amazonense com a sutileza e o fascínio com os quais trata da jornada de uma criança rumo à maturidade, tendo uma árvore-monstro como o seu melhor amigo. Baseado no emotivo livro homônimo de Patrick Ness e traduzido para 37 línguas, o longa recebeu uma menção honrosa no Festival de San Sebastian 2016 e concorre a 12 prêmios Goya, o Oscar do cinema espanhol.

Sinopse

Levando uma existência de rejeição, o garoto Connor O’Malley, 13, sente-se invisível. A mãe está com câncer em fase terminal, o pai é um ausente, a avó uma megera e, além disso, sofre bullying na escola. Mas, ele tem um amigo: todas as noites encontra-se com um monstro-árvore, o qual lhe conta histórias de amor e superação.

 

Serviço

Cinépolis do Shopping Ponta Negra, do dia 19 a 25 de janeiro

De segunda a sexta-feira, às 19h30.

Sábados e domingos, às 14h.

 

SOBRE A CINÉPOLIS

Maior operadora de cinemas na América Latina e a segunda no mundo com operação de mais de 4.500 salas em treze países. Desde sua chegada ao Brasil em 2010, é a rede com maior crescimento no mercado. Atualmente opera 47 cinemas em todo o Brasil com 359 salas com marcas destaque como Macro XE e IMAX. A Cinépolis é a maior operadora de salas VIP no país e tem exclusividade da tecnologia 4DX – salas com poltronas com movimentos e instalações para gerar mais de 20 efeitos especiais sincronizados com o filme. A constante inovação e bom desempenho tem sido reconhecidos com diversos prêmios, dentre eles: Melhor Exibidor por quatro anos consecutivos (2011, 2012, 2013 e 2014), concedido no Prêmio ED (Exibição & Distribuição). Site of icial: http://www.cinepolis.com.br 

 

SOBRE O CINEMA DE ARTE

Criado por cineclubistas em Fortaleza, em 1963, o Cinema de Arte passou a ser responsável por levar à cidade os filmes de categoria artística premiadas nos festivais e criados por renomados realizadores nacionais e estrangeiros. Responsável, também, pela formação de gerações de cinéfilos, o CA, a partir de 1981, sob a coordenação do então crítico de cinema Pedro Martins Freire, passou a abrigar um projeto, Cinema Cultura e Educação, que até hoje promove o debate dos filmes. Na Cinépolis desde 2015, o projeto está sendo desenvolvido para introduzir os filmes de arte na programação nacional em um processo de fidelização do público.